Tombamento do Núcleo Histórico Urbano de Furquim, Distrito de Mariana/MG

Tombamento do Núcleo Histórico Urbano de Furquim, Distrito de Mariana/MG

Furquim deve seu nome a Antônio Furquim da Luz, bandeirante paulista, “um dos primeiros descobridores do ouro”, que ali obteve sesmaria em 1711. O antigo arraial teve grande importância na divisão das paróquias pelo Bispado de Mariana, no início do século XVIII. Foi paróquia desde 1706, mas com sua decadência econômica posterior, perdeu essa regalia. A Igreja Matriz de Bom Jesus do Monte foi construída em 1745, em substituição à antiga capela, mas seguiu em obras pelo menos até 1782, de quando consta em documento um pagamento autorizado pela Rainha D. Maria I. O templo, tombado pelo IPHAN em 1949, se localiza de frente para um largo, a Praça da Matriz, em torno do qual se espalham edifícios residenciais e comerciais de até dois pavimentos.

Além da Matriz do Bom Jesus do Monte, a Capela de Nossa Senhora do Carmo, também datada do século XVIII, é outro marco urbano importante. Avistada ao adentrar o núcleo histórico, em posição de meia-encosta, essa singela capela orienta-se com sua fachada posterior voltada para o vale do Gualaxo. Já no século XX, foi a ferrovia que chegou ao distrito. Dela, resta apenas a estação denominada Furquim, outro marco urbano de destaque, exemplar típico da arquitetura ferroviária da época, construída em 1926. Recebeu passageiros até cerca de 1980.

O casario, as características tipológicas, urbanas e arquitetônicas do núcleo histórico ainda são razoavelmente preservadas, o que resulta numa ambiência pouco alterada, com edificações térreas e sobrados dispostos ao longo de vias com traçado irregular. Apesar da beleza da paisagem urbana e rural e da vitalidade de suas manifestações culturais, o distrito permanece em situação de isolamento e estagnação econômica, o que, aliado ao despreparo da comunidade para buscar alternativas para seu desenvolvimento, constitui um empecilho ao desenvolvimento turístico.

O Dossiê elaborado pela empresa Memória Arquitetura, em 2011, teve como objetivo oferecer respaldo para o tombamento municipal do Núcleo Histórico Urbano do Distrito de Furquim, visando, orientar o desenvolvimento do distrito a partir do presente momento, para que este ocorra de forma ordenada e coerente com seu valor histórico e artístico, sem agredir a estrutura urbana original.